Vigias

O trabalho do vigia começa todos os dias com o nascer da primeira luz e é a eles que se deve grande parte do sucesso que a observação
de cetáceos tem nos Açores.

Em terra, os vigias através de binóculos, e da sua experiência transmitida através dos tempos, comunicam connosco pelo rádio e pelo telemóvel, dando as indicações da posição e do rumo dos animais no mar. As suas informações são fundamentais para que a viagem seja um sucesso. O mar é imenso e sem eles, seria como procurar uma agulha num palheiro!
O Martins é o nosso vigia permanente e é ele o primeiro a colocar os olhos no mar.